Make your own free website on Tripod.com
FIFA World Cup
1974-1998: João Havelange
Home
Contatos e Links
A Seleção Brasileira
FIFA - A Entidade Máxima do Futebol
As Copas do Mundo
A História das Copas do Mundo
Recordes e Curiosidades do Mundo do Futebol
Ranking Oficial da Copa do Mundo da FIFA 1930-2014
As Taças Mais Cobiçadas do Mundo
Melhor Jogador do Mundo da FIFA
Melhor Jogadora do Mundo da FIFA
As Musas do Futebol
Outras Competições Internacionais
Os Maiores e Melhores Estádios do Mundo

havelange.jpg

Origem: http://pt.wikipedia.org/wiki/Jo%C3%A3o_Havelange.

Jean-Marie Faustin Goedefroid de Havelange, mais conhecido como João Havelange, (Rio de Janeiro, 8 de maio de 1916) foi o sétimo presidente da FIFA de 1974 a 1998, sucedendo Sir Stanley Rous e teve como sucessor Joseph Blatter. Desde 1963 João Havelange é membro do Comitê Olímpico Internacional. Em 1998 ele foi eleito Presidente de Honra da FIFA , sendo também presidente de honra do Fluminense Football Club .
 
Paixão pelo esporte

Filho do belga Faustin Havelange, um comerciante de armas radicado no Rio de Janeiro, onde possuía uma grande propriedade que se estendia pelos atuais bairros de Laranjeiras, Cosme Velho e Santa Teresa, estudou no Liceu Francês e desde a infância se dedicou aos esportes.

No Fluminense F.C., foi escoteiro e atleta, infantil, juvenil e adulto, destacando-se em vários esportes, inclusive no futebol, pois em 1931 foi campeão carioca juvenil. Competiu como nadador nas Olimpíadas de Berlim, em 1936, e como jogador de pólo aquático em Helsinque, em 1952, além de comandar a delegação brasileira em Melbourne, em 1956 e de ter sido presidente do Fluminense Football Club antes de comandar a FIFA, tendo levado para esta instituição vários de seus colaboradores no clube tricolor. Apesar de ser o Fluminense seu time de coração, diz gostar também do Atlético Mineiro. Teve uma rápida passagem como dirigente do Botafogo em 1937.

Posteriormente, foi dirigente de esporte, inicialmente na Federação Paulista de Natação, já que residia em São Paulo na época, em 1948. Quando retorna ao Rio de Janeiro em 1952, se torna Presidente da Federação Metropolitana de Natação e vice-presidente da Confederação Brasileira de Desportos (CBD). A essa época já havia se formado advogado e além de acionista, ocupava o cargo de Diretor Executivo da Viação Cometa, grande empresa de ônibus que opera nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Curitiba.

CBD e COI

De 1956 a 1974 presidiu a CBD, que congregava, à época, 24 esportes e não somente o futebol. Durante este período, o futebol brasileiro conheceu o ápice de sua história: consagrou-se Tri-Campeão Mundial de Futebol com a conquista das Copas do Mundo de 1958, na Suécia, de 1962, no Chile, e de 1970, no México. A partir de 1970, assume os negócios do pai, no comércio de armas


Foi eleito para o COI – Comitê Olímpico Internacional, em 1963 e com mais de 40 anos de mandato ininterrupto, é o decano desse órgão.

Presidente da FIFA

Eleito para a FIFA em 1974, permaneceu à frente da entidade até 1998. Organizou seis Copas do Mundo, visitou 186 países e trouxe a China, desligada por mais de 25 anos por razões políticas, de volta à FIFA. Criou também os Campeonatos Mundiais de Futebol nas categorias infanto-juvenil, juvenil e juniores e feminina.

Neste período, torna-se amigo de Horst Dassler, fundador da marca esportiva Adidas, e dono da ISL, considerada a maior empresa de marketing esportivo do mundo, que comercializa os direitos de televisionamento e publicidade das Copas do Mundo de futebol e das Olimpíadas.

Quando deixou a Presidência da FIFA, em 1998, já eleito Presidente de Honra, passou a se dedicar ao trabalho filantrópico junto às Aldeias Internacionais SOS, patrocinado pela entidade em 131 países.

Dirigente do século

Pesquisa realizada pelo COI, em 1999, aponta Havelange como um dos três maiores “Dirigentes do Século”, junto com o Barão Pierre de Coubertin, fundador do COI e idealizador dos Jogos Olímpicos da Era Moderna, e o atual Presidente do COI, Juan Antonio Samaranch.

Havelange ganhou durante a vida várias medalhas, como a Legion d'Honneur (França), A Ordem de Mérito Especial em Esportes (Brasil), Comandante da Ordem do Infante Dom Henrique (Portugal) e Cavaleiro da Ordem de Vasa (Suécia).

volta à página inicial