Make your own free website on Tripod.com
FIFA World Cup
Frases sobre a Copa do Mundo de 1930
Home
Contatos e Links
A Seleção Brasileira
FIFA - A Entidade Máxima do Futebol
As Copas do Mundo
A História das Copas do Mundo
Recordes e Curiosidades do Mundo do Futebol
Ranking Oficial da Copa do Mundo da FIFA 1930-2014
As Taças Mais Cobiçadas do Mundo
Melhor Jogador do Mundo da FIFA
Melhor Jogadora do Mundo da FIFA
As Musas do Futebol
Outras Competições Internacionais
Os Maiores e Melhores Estádios do Mundo

Fonte: http://copadomundo.uol.com.br/2010/historia-das-copas/1930-uruguai/frases/

  • "Sua Excelência considera que o assunto não é de interesse do governo." (Octavio Mangabeira, ministro das Relações Exteriores, comunicando a decisão do presidente Washington Luiz em não dar apoio financeiro à delegação que viajaria para disputar a Copa de 1930).

  • "Não posso deixar minha família no Brasil sofrendo os martírios da fome." (Paschoal, ponta-direita do Vasco, explicando ao jornal "A Crítica" qual foi o motivo que o levou a pedir pedido de dispensa da Copa do Mundo de 1930).

  • "Peço a atenção para o fato de ainda não ter sido escalado nenhum dos membros da Apea para o selecionado nacional." (Elpídio de Paiva Azevedo, presidente da Associação Paulista de Esportes Atléticos, em ofício enviado ao presidente da CBD).

  • "Fiquem certos: voltaremos campeões do mundo!" (Hermógenes, jogador carioca, demonstrava confiança na véspera da estreia da seleção na Copa, contra a Iugoslávia).

  • "Essa possibilidade (de organizar o primeiro Mundial) é remotíssima. Os investimentos são muito superiores às nossas forças!" (Manchete do jornal "El País", em 20/02/1929).

  • "O único adversário que encontramos em Montevidéu não foi o 11 iugoslavo: foi o frio, um frio atroz e ininterrupto." (Theóphilo explica o motivo da desclassificação da seleção brasileira em entrevista ao jornal "A Crítica").

  • "Vivas e mais vivas eram entoados. Eu disse: 'Os brasileiros venceram'. Um rapaz respondeu: 'Não, senhor, os cariocas perderam.'" (Feliz Inarra, dirigente do Huracán, da Argentina, que estava no Brasil em 1930).

  • "Vitória ou morte!" (Grito dos torcedores argentinos que chegavam a Montevidéu para acompanhar a decisão do Mundial de 1930. Apesar da torcida, a Argentina perdeu o clássico por 4 a 2 e o título da Copa do Mundo).

  • "Falam que não sabíamos jogar futebol, que fomos campeões de mentira, mas quem fala assim nunca viu jogar Anselmo, Iriarte." (Ernesto Mascheroni, campeão mundial pelo Uruguai, em entrevista ao "Jornal da Tarde", em 29 de maio de 1978).

  • "O futebol de 30 não admitia passe para trás; a bola ia em direção ao gol. Não ficávamos dando voltas pelo campo, recebíamos a bola sempre de frente para o gol." (Ernesto Mascheroni, campeão mundial pelo Uruguai, em entrevista ao "Jornal da Tarde").

  • "Eu não acho que nenhum outro país se candidataria a organizar um evento tão caro como foi essa Copa do Mundo." (Maurice Fischer, secretário da FIFA, após o encerramento da primeira edição do Mundial, organizado pelo Uruguai).

volta à página inicial